2018
DOI: 10.1590/0104-4060.57415 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: In this text, we reflect on the formative process and the professional performance of a transsexual teacher, based on the policies of bodily subjectivity and gender inscribed in the field of education. As for methodology, a qualitative post-critical approach was used, through the accomplishment of narrative interview. The narratives contribute to the beginning and/or development of the deconstruction of educational practices marked by the principle of normative regulation, stating that education can also be a … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
0
0
0
2

Year Published

2021
2021
2021
2021

Publication Types

Select...
1

Relationship

1
0

Authors

Journals

0
0
0
2
Order By: Relevance
“…A existência de Marias dentro dos espaços formais de ensino, em específico à referida instituição onde se desenvolve esta narrativa, exerce uma constante micropolítica de (re)negociação e de (re)existência (DIAS, 2018;Dias, 2020). As dissidências ali presentes, se (des)arrumam para dar espaço à novas formas de subjetivação.…”
Section: Considerações Finaisunclassified
“…As dissidências ali presentes, se (des)arrumam para dar espaço à novas formas de subjetivação. As perturbações de gênero permitem a construção de narrativas outras, de um espaço e de uma pesquisa onde Maria habita-resiste (POCAHY, 2016;DIAS, 2018;DIAS, 2020). O que esteve em jogo durante toda a vivência acadêmica para Maria foi existir, ser notada e ser reconhecida por sua existência, para isso, foi preciso desconfigurar-se e reconfigurar-se, aquendar-se e desanquendar-se, foi preciso o tempo todo se (re)negociar enquanto pessoa (JAEKEL; NICOLAZZO, 2017).…”
Section: Considerações Finaisunclassified