volume 5, issue 11, P19 2012
DOI: 10.26563/dobras.v5i11.154
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: Não foi possível ignorar um ícone pop do show bizz como Josephine Baker, a bailarina-performer americana que dançava com os seios desnudos na década de 1920. Não foi possível negar a existência de Madonna, já nos anos 1980, quando Like a virgin e seuvestido de noiva atraíram a atenção do mundo. De tempos em tempos, surge um novoastro pop que passa a sugestionar uma geração de criadores da área cênica (...)