volume 38, issue 2, P197-205 2004
DOI: 10.1590/s0080-62342004000200011
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: Este estudo partiu de reflexões acerca dos movimentos da reforma da assistência psiquiátrica e o processo de desinstitucionalização. Teve como objetivo identificar as representações sociais construídas por familiares acerca do fenômeno saúde-doença mental. Adotou-se o referencial das representações sociais na perspectiva dos pressupostos de Moscovici. Foram entrevistados oito familiares de portadores de transtorno mental. Identificou-se que os familiares explicitam sua não aceitação daquele que se mostra difer…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
10
0
83

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals