1998
DOI: 10.1590/s0103-90161998000500022
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Evolution of research on recalcitrant seeds

Abstract: Some comments about seeds that show sensitivity to desiccation and short viability period, called recalcitrants, were made. Further studies showed that there was a gradient of sensitivity to desiccation and an intermediate class was proposed. The research demonstrated different factors related to desiccation tolerance such as ABA, proteins and sugars. It was analyzed the research of recalcitrant seeds in Brazil, that started around 1950 and nowadays the major aspects studied are recalcitrant seeds identificati… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
11
0
6

Year Published

2002
2002
2019
2019

Publication Types

Select...
8
1

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 26 publications
(17 citation statements)
references
References 24 publications
0
11
0
6
Order By: Relevance
“…Letras iguais não diferem entre si pelo teste de Tukey, 5%. Barbedo & Bilia 1998. É importante salientar que, apesar da redução significativa na capacidade de produzir plântulas normais (tabela 2), quando o teor de água foi reduzido para valores inferiores a 9% (tabela 1), a capacidade germinativa praticamente não foi afetada até o nível 2 de secagem, principalmente para as sementes do estádio IV.…”
Section: Resultsunclassified
“…Letras iguais não diferem entre si pelo teste de Tukey, 5%. Barbedo & Bilia 1998. É importante salientar que, apesar da redução significativa na capacidade de produzir plântulas normais (tabela 2), quando o teor de água foi reduzido para valores inferiores a 9% (tabela 1), a capacidade germinativa praticamente não foi afetada até o nível 2 de secagem, principalmente para as sementes do estádio IV.…”
Section: Resultsunclassified
“…Para retardar a degradação das sementes, e para manter a sua conservação, elas devem sofrer um processo de diminuição no seu teor de água, pois de acordo com Barbedo & Bilia (1998) e Popinigis (1997) o alto teor de água das sementes favorece a elevação da temperatura da massa decorrente do aumento de sua atividade biológica, podendo ser prejudicial para conservação das sementes provocando reações degenerativas e ativação dos microorganismos.…”
Section: Introductionunclassified
“…Standl. ), cujas sementes apresentam curto período de vida, com anos de baixa ou nenhuma produção, o que limita a sua reprodução, bem como sua utilização em viveiros para reflorestamento e comércio de mudas, tornando-se necessário conhecer suas condições ideais de armazenamento (SOUZA et al, 2005).Para retardar a degradação das sementes, e para manter a sua conservação, elas devem sofrer um processo de diminuição no seu teor de água, pois de acordo com Barbedo & Bilia (1998) e Popinigis (1997) o alto teor de água das sementes favorece a elevação da temperatura da massa decorrente do aumento de sua atividade biológica, podendo ser prejudicial para conservação das sementes provocando reações degenerativas e ativação dos microorganismos. …”
unclassified
“…Penn., popularmente conhecida como ingá, seriam enquadradas dentre as recalcitrantes, não tolerando mesmo pequenas reduções do teor de água e apresentando baixa capacidade de armazenamento, perdendo a viabilidade em menos de 15 dias (Carvalho 1994, Bilia & Barbedo 1997. Essa característica torna difícil a conservação de germoplasma na forma de sementes, uma vez que a metodologia convencional de conservação de sementes freqüentemente utiliza a secagem e o armazenamento em câmaras a temperaturas abaixo de zero como forma de preservar a viabilidade das sementes (Barbedo & Bilia 1998, Santos 2001, Rocha 2004). Essas sementes geralmente apresentam atividade metabólica intensa, tanto durante sua formação, quanto após sua colheita (Barbedo & Marcos Filho 1998, Castro et al 2004.…”
Section: Introductionunclassified