2010
DOI: 10.1590/s1413-81232010000600027
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Estudo de utilização de medicamentos em idosos residentes em uma cidade do sul de Santa Catarina (Brasil): um olhar sobre a polimedicaçãoStudy of the use of medicine in elderly living in a city in the South of Santa Catarina (Brazil): a look at the polymedication

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
3
1
1

Citation Types

3
20
0
49

Year Published

2012
2012
2017
2017

Publication Types

Select...
4

Relationship

1
3

Authors

Journals

citations
Cited by 51 publications
references
References 10 publications
3
20
0
49
Order By: Relevance
“…3,6,12,13 Este resultado destaca a importância de desenvolver ações educativas para a promoção de estratégias que visem à adesão terapêutica nestes problemas de saúde.…”
Section: Discussionunclassified
“…3,6,12,13 Este resultado destaca a importância de desenvolver ações educativas para a promoção de estratégias que visem à adesão terapêutica nestes problemas de saúde.…”
Section: Discussionunclassified
“…O organismo do idoso possui características específicas, em decorrência da redução da massa muscular, da água corporal e do metabolismo hepático, podendo apresentar reações adversas, tais como dificuldade de metabolização e eliminação de drogas, que podem ocasionar acúmulo de substâncias tóxicas no organismo. 16 Estudos indicam, ainda, que a medicação pode ser vista como fator de risco para o aparecimento da IU, aumentando a frequência e a urgência urinária, 17 pois inúmeros fármacos anti-hipertensivos afetam o funcionamento do trato urinário inferior, podendo gerar a IU. 18 Os procedimentos cirúrgicos ginecológicos aos quais as idosas foram submetidas com maior frequência foram histerectomia e perineoplastia.…”
Section: Materiais E Métodosunclassified
“…This epidemiologic and demographic context has led to long pharmacological treatments 5 , higher use of medication and higher occurrence of polypharmacy, that is, the simultaneous use of multiple medications 5,6 . These situations are common in the elderly population, which presents the highest prevalence of chronic diseases and uses health services the most 2,7,8 . An elevated number of prescription medications and a higher load of diseases have also increased the unnecessary consumption of medication 9 , whose pharmaceutical combinations represent potential dangers for adverse reactions and drug interactions, which are not indicated for the patient's clinical state 10 .…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 99%