2002
DOI: 10.1590/s0103-65642002000200012 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: Foram investigadas estratégias de coping em 215 crianças e adolescentes de ambos os sexos, de 7 a 15 anos, que freqüentavam escolas públicas de periferia. Metade dos participantes (n=105, M=10,6 anos) estavam abrigados num órgão governamental de proteção e os demais (n=110, M=9,9 anos) freqüentavam as mesmas escolas e moravam com a família. Através de entrevistas os participantes relataram eventos estressantes recentes e a forma como lidaram com a situação. Os eventos foram classificados considerando se envolv… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
1
1
1
0
1
0
17

Year Published

2006
2006
2014
2014

Publication Types

Select...
5

Relationship

1
4

Authors

Journals

0
1
0
17
Order By: Relevance
“…A análise procurou extrair a significação dos conteúdos, através de procedimentos sistemáticos, exaustivos e objetivos, obedecendo aos critérios da análise de conteúdo quantitativo de modelo misto, no qual foram utilizadas categorias estabelecidas a priori (Ex. : busca de apoio, comportamento agressivo), citadas em estudos sobre coping (Dell'Aglio & Hutz, 2002), assim como categorias estabelecidas a partir dos conteú-dos apresentados nas respostas das mães. Foram também observadas as distribuições de freqüência nas diferentes categorias, permitindo uma análise quantitativa.…”
Section: Análise Dos Dadosunclassified
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1.2b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 7 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 130,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…A análise procurou extrair a significação dos conteúdos, através de procedimentos sistemáticos, exaustivos e objetivos, obedecendo aos critérios da análise de conteúdo quantitativo de modelo misto, no qual foram utilizadas categorias estabelecidas a priori (Ex. : busca de apoio, comportamento agressivo), citadas em estudos sobre coping (Dell'Aglio & Hutz, 2002), assim como categorias estabelecidas a partir dos conteú-dos apresentados nas respostas das mães. Foram também observadas as distribuições de freqüência nas diferentes categorias, permitindo uma análise quantitativa.…”
Section: Análise Dos Dadosunclassified
“…Studies 17,18 point to the importance of graduation courses with an interdisciplinary team, recycling courses, or even a space to exchange experiences destined to these professionals, since their professional satisfaction is directly related to the quality of their work in the institution.…”
Section: Resultsmentioning
“…Nesse aspecto, Compas et al 23 apontam a necessidade de alterações para aplicar as noções de estresse e coping para as crianças, já que precisam ser consideradas a dependência da criança em relação ao adulto e as caracterís-ticas básicas do seu desenvolvimento cognitivo e social, pois a idade e as pessoas envolvidas na situação estressante são fatores determinantes na escolha da estratégia a ser utilizada. Geralmente, as estratégias utilizadas por crianças e adolescentes estão mais relacionadas às respostas correspondentes às demandas situacionais, procurando uma adaptação ao ambiente social, indicando que coping é um processo mais situacional do que disposicional, apesar de que não existem respostas adaptativas universais, adequadas para todos os indivíduos, em todas as situações e em todo o tempo 24 .…”
Section: Discussionunclassified