2012
DOI: 10.1590/s1983-14472012000200011
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Estratégia educativa voltada para enfermeiros sobre atenção básica à infertilidade: estudo de intervenção

Abstract: RESUMOObjetivou-se avaliar o impacto de estratégia educativa abordando assistência à infertilidade e verificar práticas introduzidas no cotidiano laboral dos participantes após intervenção. Pesquisa-ação, desenvolvida com 11 enfermeiras da Estratégia Saúde da Família de Fortaleza-CE, por meio da leitura de fôlder em "roda de conversa". Os dados foram coletados em agosto e outubro de 2010, anteriormente, imediatamente após e decorridos 60 dias da intervenção. Constatou-se aumento do nível de conhecimento imedia… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1

Citation Types

0
0
0
3

Year Published

2022
2022
2022
2022

Publication Types

Select...
2

Relationship

0
2

Authors

Journals

citations
Cited by 2 publications
(3 citation statements)
references
References 6 publications
0
0
0
3
Order By: Relevance
“…Orientações, informações e conselhos relacionados à fertilidade devem ser oferecidos às mulheres que planejam uma gestação e para as que desejam engravidar no futuro 19,25 .…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Orientações, informações e conselhos relacionados à fertilidade devem ser oferecidos às mulheres que planejam uma gestação e para as que desejam engravidar no futuro 19,25 .…”
Section: Discussionunclassified
“…Nos estudos analisados não foram abordadas ações educativas de enfermagem voltadas à infertilidade feminina, o que revela que esse assunto é pouco explorado ou não realizado na APS, fato que expõe a escassez dessa temática nas publicações quando associado à saúde reprodutiva [19][20]25 .…”
Section: Discussionunclassified
“…Em contrapartida, estudos brasileiros vêm mostrando que a assistência ao paciente infértil nas UBS tem sido muitas vezes ausente ou de baixa resolubilidade (Dias et al, 2012). Em face ao exposto, grande parte dos profissionais não encaminham os pacientes para níveis de maiores complexidades para realização do tratamento.…”
Section: VIunclassified