2006
DOI: 10.1590/s1413-73722006000100024
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Estereótipos, mentiras e videotape: estudos experimentais sobre a acurácia na identificação da mentira

Abstract: Daniela Brachi aeFlora Albuquerque AE RESUMO. O objetivo deste estudo foi investigar a acurácia da avaliação da mentira e, em seguida, a forma pela qual a vinculação a determinadas categorias sociais interfere e modifica a percepção e o julgamento social. Assumiram-se aqui três hipóteses de trabalho. A primeira delas refere-se ao tipo de pista que favorece a identificação da mentira. A segunda refere-se ao grau de acurácia na identificação dos erros entre as categorias sociais. A terceira se refere aos efeitos… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
0
0
5

Year Published

2015
2015
2022
2022

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(5 citation statements)
references
References 9 publications
(7 reference statements)
0
0
0
5
Order By: Relevance
“…De forma aleatória, o participante recebeu uma ficha contendo uma das duas frases escritas em um papel: "FALE A VERDADE" ou "MINTA", entregue ao participante sob a forma de sorteio. Baseado em um estudo (M. E. Pereira et al, 2006), solicitou-se ao participante para que dissesse o nome de seus pais, irmãos, bairro onde mora, o nome de uma pessoa que apreciava e o motivo de gostar dessa pessoa.…”
Section: Discursos Honesto E Falsosunclassified
“…De forma aleatória, o participante recebeu uma ficha contendo uma das duas frases escritas em um papel: "FALE A VERDADE" ou "MINTA", entregue ao participante sob a forma de sorteio. Baseado em um estudo (M. E. Pereira et al, 2006), solicitou-se ao participante para que dissesse o nome de seus pais, irmãos, bairro onde mora, o nome de uma pessoa que apreciava e o motivo de gostar dessa pessoa.…”
Section: Discursos Honesto E Falsosunclassified
“…O procedimento foi baseado em Pereira et al (2006) e foi subdividido em dois momentos, sendo que no primeiro momento da entrevista (denominado por pré-teste) o participante respondia às perguntas do entrevistador falando a verdade a fim de poder ser analisada a linha de base e os recursos utilizados na produção da sua fala (com perguntas sobre: idade, curso em que está matriculado/com que trabalha e o motivo de escolha desse curso/trabalho). Esse momento é importante para poder ser composta a linha de base do sujeito, que nesta pesquisa, compreendeu em analisar as características da fluência dos participantes.…”
Section: Metodologiaunclassified
“…O terceiro estudo encontrado foi realizado também por Pereira et al (2006), na Universidade Federal da Bahia (UFBA). Os autores buscaram investigar se as representações sociais de confiabilidade influenciam o julgamento de um observador sobre a mentira.…”
Section: Pesquisas Brasileiras Sobre a Mentiraunclassified
“…Foi encontrado um reduzido número de estudos sobre a mentira no Brasil, o que indica a necessidade de se ampliar esse campo de investigação no país. Os trabalhos abordaram temáticas variadas sobre esse tema, que incluem a investigação de natureza versus ambiente na percepção da mentira (Portella & Clark, 2006) importância dos estereótipos (Pereira et al, 2006) e da comunicação não verbal (Pereira et al, 1998;Pereira et al, 2005) na avaliação do discurso, assim como o efeito do feedback (Quinta & Coelho, 2009) e do treinamento na percepção da mentira (Brito, 2013;Portella & Clark, 2006) e sua relação com o reconhecimento emocional (Leite, 2014). Uma das possibilidades de ampliação dos estudos nacionais seria a realização de mais trabalhos sobre o desempenho de policiais e de profissionais do Direito na tarefa de perceber a mentira, tendo em vista a importância dessa habilidade em seu trabalho diário.…”
Section: Considerações Finaisunclassified