volume 37, issue 4, P434-439 2003
DOI: 10.1590/s0034-89102003000400007
View full text
|
|
Share

Abstract: Resumo ObjetivoDeterminar a prevalência e a distribuição de distress na esfera psicológica na população urbana adulta. Métodos Foram estudadas 3.942 pessoas maiores de 20 anos, do município de Pelotas, RS. Distress foi definido por meio de um indicador de bem-estar, a Escala de Faces, e através da autopercepção de nervosismo. O teste do qui-quadrado foi usado para testar associação com características sociodemográficas. Resultados A prevalência de distress psicológico foi de 14% quando se utilizou a Escala de…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

1
3
0
22

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals