2018
DOI: 10.1590/s0103-40142018.3294.0004 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO Neste artigo, apresentamos e discutimos questões necessárias para o planejamento e a implementação de aulas de Física em que o foco está duplamente colocado sobre o ensino e sobre a aprendizagem. Destacamos o papel das práticas investigativas e argumentativas como essenciais para a abordagem da Física em sala de aula. Apresentamos conhecimentos necessários que o professor de Física precisa considerar em sua atividade profissional e destacamos algumas ações que podem ser realizadas em formação inicial.

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
0
0
0
3

Year Published

2020
2020
2021
2021

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

0
0
0
3
Order By: Relevance
“…Atualmente, as pesquisas no ensino de física contemplam temas variados. Os problemas estão vinculados à formação de professores, à relação ensino e aprendizagem, às teorias pedagógicas, ao trabalho docente, às políticas públicas, aos recursos metodológicos, à profissionalidade docente, à alfabetização científica, às tecnologias da informação e comunicação, à história e filosofia da ciência, entre outros (CACHAPUZ, 2014;CAMILLO;MATTOS, 2014;SASSERON, 2018;MARANDINO, 2005; MARTÍNEZ-AZNAR; RODRÍGUEZ-ARTECHE; GÓMEZ-LESARRI, 2016;NARDI, 2009), na tentativa de compreender por meio dos múltiplos olhares e aspectos, o contexto escolar, a relação professor-alunoconhecimento (de física) e os fatores que influenciam nesta relação. Porém, uma questão se faz pertinente: essas pesquisas têm gerado mudanças na sala de aula?…”
Section: Introductionunclassified
“…A formação de professores de Física, e de Ciências, é uma linha de pesquisa importante na área da Pesquisa em Ensino, que tem conseguido avanços e aponta lacunas ainda existentes, por exemplo, nas relações (tensas) entre políticas públicas, academia e sistemas escolares (VILLANI, PACCA, FREITAS, 2009;PACCA, VILLANI, 2018), na produção de conhecimentos pedagógicos (GOUVEIA, 2001), no processo (lento) de uso de resultados de pesquisa educacional em sala de aula da educação básica (CARVALHO, GIL-PÉREZ, 2011;PENA, 2004), como o uso de processos investigativos e argumentativos, mais presente na literatura das duas últimas décadas (CARVALHO, SASSERON, 2018;VIEIRA, NASCIMENTO, 2007).…”
Section: Introductionunclassified
“…De forma paralela a essa realidade, é sabido que há algum tempo a perda de interesse dos discentes pelas disciplinas de caráter científico tem preocupado professores e influenciado pesquisas acadêmicas no Brasil e ao redor do mundo (Carvalho & Sasseron, 2018;Carvalho & Gil-Pérez, 2011;Yamazaki, Angotti & Delizoicov, 2017). É nesse âmbito que os primeiros desafios do ensino de física se apresentam.…”
unclassified