2020
DOI: 10.1590/0102-33062019abb0399
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Effect of fire under the soils on the organization of communities of three remnants of Amazonian savannas

Abstract: Areas of cerrado (Brazilian savanna) in the Amazon have been poorly studied from the perspective of fire impacts on environmental sustainability, especially with regard to disturbances to soil and vegetation structure. This study aimed to analyze the influence of edaphic variables and fire together on the composition and structure of tree and shrub vegetation of three cerrado remnants in the Amazon. Eight plots were systematically installed in burned and unburned environments in each remnant. Data were submitt… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2

Citation Types

0
0
0
2

Year Published

2021
2021
2023
2023

Publication Types

Select...
2
1

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(2 citation statements)
references
References 49 publications
0
0
0
2
Order By: Relevance
“…De Paula et al (2015) em áreas de cerrado em regeneração nos municípios de Brotas e Itirapina, mostraram que das 56 espécies, 27 foram herbáceo-subarbustivas e 29 arbustivoarbóreas. Santos et al (2019), em três savanas no município de Macapá constataram que a maioria dos indivíduos registrados estavam presentes nas primeiras classes de tamanho (5 cm à 15 cm). De acordo com Ferreira et al (2015) ao analisarem a estrutura em altura de um cerrado sensu stricto em Gurupi (TO) observaram que a maioria dos indivíduos vegetais (425) estavam presentes na primeira classe de tamanho (2 cm a 7 cm).…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…De Paula et al (2015) em áreas de cerrado em regeneração nos municípios de Brotas e Itirapina, mostraram que das 56 espécies, 27 foram herbáceo-subarbustivas e 29 arbustivoarbóreas. Santos et al (2019), em três savanas no município de Macapá constataram que a maioria dos indivíduos registrados estavam presentes nas primeiras classes de tamanho (5 cm à 15 cm). De acordo com Ferreira et al (2015) ao analisarem a estrutura em altura de um cerrado sensu stricto em Gurupi (TO) observaram que a maioria dos indivíduos vegetais (425) estavam presentes na primeira classe de tamanho (2 cm a 7 cm).…”
Section: Resultsunclassified
“…No estrato regenerativo de uma área de cerrado no município de Curvelo (MG) o valor encontrado esteve muito acima (H=3,06) enquanto J'=0,75 abaixo (Otoni et al, 2016); Souza et al (2018) em área de savana preservada em Jataí (GO) obteve H= 2,96 e J'=0,83 e Cândido et al (2016) em uma savana no Gurupi (TO) obtiveram H= 3,64 e a J'= 0,81. Em geral, quando o estrato regenerativo não sofreu queimadas ou ações antrópicas o Índice de Diversidade de Shannon e Equabilidade elevados revelam uma uniformidade de espécies (Santos et al, 2019).…”
Section: Resultsunclassified