2012
DOI: 10.1590/s0101-32622012000200005 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO: Decorrente de uma pesquisa de mestrado e inscrito na intersecção entre os estudos culturais, feministas e de gênero, particularmente na vertente pós-estruturalista, este artigo problematiza que o discurso biológico atravessa e constitui as justificativas enunciadas por professores/as para separar meninos e meninas na educação física escolar. Como estratégias metodológicas, utilizei questionários para identificar e, posteriormente, entrevistar dez professores/as da rede municipal de ensino de Porto Aleg… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
1
1
1
0
2
0
5

Year Published

2015
2015
2020
2020

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

0
2
0
5
Order By: Relevance
“…In Table 6 you can see the frequency of articles by type of effect. It can be observed that in the researched literature, the results are statis tically significant in 60.87% of production, totaling 14 articles (SEFFNER, 2011;WENETZ, 2012;RABELO, 2013;ALTMAN;AYOUB;AMARAL, 2011;DORNELLES;POCAHY, 2014;PINTO, 2011;TORRES;PRADO, 2014;ROCHA, 2012;XAVIER FILHA, 2012;SOARES, 2014;ALONSO;ZURBRIGGEN, 2014;EHRENBERG, 2014;DORNELLES, 2012;MOIZÉS;BUENO, 2010). In this perspective, the status of more than 60% of the produced literature on the subject suggests that the approach of the themes of body, gender and sexuality in teacher education contributes to the destabilization of norms, classifications and hierarchies surrounding the subject.…”
Section: The Development Of the Meta-analysismentioning
“…Quadro 4 -Categoria Gênero e Sexualidade GÊNERO E SEXUALIDADE Título Autores/as Feminismos, interseccionalidades e consubstancialidades na educação física escolar (Auad & Corsino, 2009) Do corpo que distingue meninos e meninas na educação física escolar (Dornelles, 2012) As (des)construções de gênero e sexualidade no recreio escolar (Wenetz, Stigger & Meyer, 2013) O feminino e o masculino na dança das origens do balé à contemporaneidade (Assis & Saraiva, 2013) Normas de gênero em um currículo escolar: a produção dicotômica de corpos e posições (Reis & Paraíso, 2014) Fonte: Elaborado pela autoria.…”
Section: Periódicos Capesunclassified
“…Daí a autoria ilumina formas de transgressão engendradas por docentes e alunas para a deturpação de arranjos de gênero polarizados e binários. Na mesma perspectiva, o artigo de Dornelles (2012), articulou o campo dos Estudos Culturais, Teorias Feministas e de Gênero para problematizar o discurso biológico que atravessa justificativas recorrentes de professores/as para separar meninos e meninas na educação física escolar. Como importante discussão de seu trabalho, está a ideia da (des)construção de aulas que explorem distinção de movimentos para meninos e meninas, o que permitirá a experiência de masculinidades e feminilidades a partir de diversas possibilidades corporais.…”
Section: Periódicos Capesunclassified
“…Não raramente, é possível perceber que durante as atividades de educação física nem sempre todas as crianças brincam/jogam juntas porque tendem a ser separadas pelxs professorxs por gênero (DORNELLES, 2012). A própria escolha das cores das salas de aula são mais do que mera decoração, mas mostram a força de normas regulatórias agindo no planejamento criterioso de um espaço que distingue o canto dos meninos do canto das meninas (OSTETTO, 2017) diante dos jogos de verdade que intentam forjar a criança ideal, algo escapa.…”
Section: ~69~unclassified
“…For the authors, "the status of more than 60% of the produced literature on the subject suggests that the approach of the themes of body, gender, and sexuality in teacher education contributes to the destabilization of norms, classifications and hierarchies surrounding the subject. This result is very significant, because it is an analysis of the specific area of knowledge production, highlighting the studies as relevant (SEFFNER, 2011;WENETZ, 2012;RABELO, 2013;ALTMAN;AYOUB;AMARAL, 2011;POCAHY, 2014;PINTO, 2011;PRADO, 2014;QUIRINO;ROCHA, 2012;XAVIER FILHA, 2012;SOARES, 2014;ALONSO;ZURBRIGGEN, 2014;EHRENBERG, 2014;DORNELLES, 2012;MOIZÉS;BUENO, 2010;SANTOS, 2020;CRUZ, 2014;MENEZES, 2017;DIAS, 2017;DIAS, 2014;EUGÊNIO, 2010;GOMES-DA-SILVA, 2014, LARA, 2016CALEJON, 2020).…”
Section: Introductionmentioning