2022
DOI: 10.1590/0101-31572021-3244 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO O objetivo do artigo é analisar o regime de crescimento brasileiro no período 2000-2015, levando-se em consideração a distribuição pessoal e funcional da renda. Em termos teóricos, seguimos o modelo neokaleckiano aumentado proposto por Palley (2016). Em termos empíricos, utiliza-se a metodologia de vetores autorregressivos. Os resultados mostram os efeitos positivos da redução da desigualdade em termos dos rendimentos do trabalho e da desigualdade interpessoal da renda sobre a acumulação de capital e a … Show more

Help me understand this report

This publication either has no citations yet, or we are still processing them

Set email alert for when this publication receives citations?

See others like this or search for similar articles