2000
DOI: 10.1590/s0102-09352000000300001
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Determinação da velocidade de condução nervosa motora dos nervos radial e ulnar de cães clinicamente sadios

Abstract: O presente trabalho teve como objetivo a padronização dos valores de referência de velocidade de condução nervosa motora dos nervos radial e ulnar em cães clinicamente sadios. Para tanto, foram utilizados 30 cães, 11 machos e 19 fêmeas, sem raça definida, com idade entre dois e seis anos. Os valores médios das medidas do potencial muscular produzidos por meio de estimulação proximal e distal do nervo radial foram, respectivamente: latência inicial, 2,46+0,72ms e 1,58+0,62ms, amplitude de pico a pico, 8,79+2,26… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2011
2011
2019
2019

Publication Types

Select...
3

Relationship

0
3

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
(1 citation statement)
references
References 9 publications
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…O registro de potenciais de fibrilação e de ondas agudas positivas é usual e ocorre em todos os casos (Añor, 2014), sendo observado no presente relato. Segundo Feitosa et al (2000), valores médios normais de duração da velocidade de condução nervosa distal do nervo ulnar são de 60,50±7,86m/s. No presente relato, entretanto, a velocidade de condução motora foi em torno de 10m/s nos nervos estudados, o que indica grave comprometimento da condução neuronal.…”
Section: Casuísticaunclassified
“…O registro de potenciais de fibrilação e de ondas agudas positivas é usual e ocorre em todos os casos (Añor, 2014), sendo observado no presente relato. Segundo Feitosa et al (2000), valores médios normais de duração da velocidade de condução nervosa distal do nervo ulnar são de 60,50±7,86m/s. No presente relato, entretanto, a velocidade de condução motora foi em torno de 10m/s nos nervos estudados, o que indica grave comprometimento da condução neuronal.…”
Section: Casuísticaunclassified