2008
DOI: 10.1590/s0100-15742008000100006
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Esse estudo analisa dados do vestibular da Universidade Federal de Minas Gerais de 2004, mediante um modelo de regressão não paramétrico, o Classification and Regression Trees. Seu objetivo foi identificar os principais fatores de aprovação e, também, verificar se esses fatores eram os mesmos para os cursos diurnos e noturnos. A resposta a essas questões permitiria verificar se a expansão do turno noturno feita por essa universidade vinha promovendo maior inserção social. Observou-se que, em geral, a conclusão… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2009
2009
2019
2019

Publication Types

Select...
3
1

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(3 citation statements)
references
References 7 publications
(3 reference statements)
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…Esse traço do perfil dos cotistas conferia a muitos estudantes condições de um bom rendimento na universidade, melhores do que antes se antecipava. Com efeito, a seleção socioeconômica realizada pelo filtro do vestibular, amplamente documentada na literatura sobre o ingresso na educação superior, como reitera recente estudo de Dias et al (2008) para a Universidade Federal de Minas Gerais, naturalmente se verifica também para os cotistas da UnB. Nesta, entre candidatos cotistas ao vestibular para os segundo semestre de 2004, 17% tinham mãe com nível superior, ao passo que entre os aprovados essa fração ascendia a 30%, quase o dobro.…”
Section: Higher Education -Student Evaluation -University Of Brasiliaunclassified
“…Esse traço do perfil dos cotistas conferia a muitos estudantes condições de um bom rendimento na universidade, melhores do que antes se antecipava. Com efeito, a seleção socioeconômica realizada pelo filtro do vestibular, amplamente documentada na literatura sobre o ingresso na educação superior, como reitera recente estudo de Dias et al (2008) para a Universidade Federal de Minas Gerais, naturalmente se verifica também para os cotistas da UnB. Nesta, entre candidatos cotistas ao vestibular para os segundo semestre de 2004, 17% tinham mãe com nível superior, ao passo que entre os aprovados essa fração ascendia a 30%, quase o dobro.…”
Section: Higher Education -Student Evaluation -University Of Brasiliaunclassified
“…Com esse deslocamento, os perfis sociais de cotistas e não cotistas teriam se aproximado. Considerando a influência do nível socioeconômico sobre o desempenho no vestibular, como evidenciado, por exemplo, em Dias et al (2008) e Valle et al 2010, a elevação do perfil social dos cotistas da coorte de 2005 contribuiria então para explicar o aumento de suas chances de acesso à UnB em relação a seus colegas da coorte de 2004. De outra parte, os dados ainda sugeriram que de 2004 para 2005, entre os candidatos do sistema universal, também poderia ter ocorrido uma elevação de seu perfil social.…”
Section: Simulações Com Vagas Originais: Principais Tendênciasunclassified
“…Diversos estudos mostraram que a probabilidade de sucesso em um concurso vestibular não é homogênea entre os candidatos, variando, entre outros fatores, de acordo com a escola de origem do candidato, o conhecimento em língua estrangeira e o nível socioeconômico (DIAS et al, 2008;FRANCO et al, 2007;BORGES;CARNIELLI, 2005). Além disso, a aplicação relativamente recente no Brasil de exames de avaliações externas em larga escala (PISA, Prova Brasil, SAEB, entre outros), com o intuito de realizar um diagnóstico do sistema educacional brasileiro, permitiu o levantamento de dados sobre a qualidade do ensino ofertado, evidenciando a diferenciação existente entre as escolas.…”
Section: Introductionunclassified