2004
DOI: 10.1590/s0102-33062004000400028
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Crescimento de mudas de maracujazeiro-doce (Passiflora alata Curtis) associadas a fungos micorrízicos arbusculares (Glomeromycota)

Abstract: Para determinar o efeito de fungos micorrízicos arbusculares sobre o crescimento de mudas de maracujazeiro-doce foi conduzido, em casa de vegetação, experimento com delineamento inteiramente casualizado usando cinco tratamentos de inoculação (200 esporos/planta de Acaulospora longula Spain & Schenck, Gigaspora albida Schenck & Smith, Glomus etunicatum Becker & Gerd., Scutellospora heterogama (Nicol. & Gerd.) Walker & Sanders e controle não inoculado), com sete repetições. A cada 20 dias for… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
4
1

Citation Types

0
12
0
16

Year Published

2011
2011
2024
2024

Publication Types

Select...
6
3

Relationship

0
9

Authors

Journals

citations
Cited by 33 publications
(28 citation statements)
references
References 11 publications
(7 reference statements)
0
12
0
16
Order By: Relevance
“…Trindade et al (2001) observaram grande acréscimo de matéria seca da parte aérea em plantas de variedades de mamoeiro inoculadas com Glomus clarum e Gigaspora margarita. Silva et al (2004), trabalhando com maracujazeiro-doce, observaram que os FMAs têm capacidade de aumentar a taxa fotossintética da planta, incrementando a matéria seca da parte área. Silva et al (1999), trabalhando com porta-enxerto de videira micropropagado, observaram maior peso da biomassa seca das raízes quando inoculado aos fungos Scutellospora heterogama e Glomus clarum.…”
Section: Resultsunclassified
See 1 more Smart Citation
“…Trindade et al (2001) observaram grande acréscimo de matéria seca da parte aérea em plantas de variedades de mamoeiro inoculadas com Glomus clarum e Gigaspora margarita. Silva et al (2004), trabalhando com maracujazeiro-doce, observaram que os FMAs têm capacidade de aumentar a taxa fotossintética da planta, incrementando a matéria seca da parte área. Silva et al (1999), trabalhando com porta-enxerto de videira micropropagado, observaram maior peso da biomassa seca das raízes quando inoculado aos fungos Scutellospora heterogama e Glomus clarum.…”
Section: Resultsunclassified
“…Entretanto, além das respostas aos fatores climáticos e de solo, a compatibilidade entre os genótipos dos FMAs e das plantas é determinante para o início do processo de infecção e colonização das raízes (SILVEIRA, 2002). Segundo Silva et al (2004), os FMAs, quando são utilizados na produção de mudas frutíferas em condições homogêneas de substrato e de ambiente,seus benefícios proporcionados pela simbiose podem ser atribuídos à combinação FMA X hospedeiro, pela existência de maior compatibilidade funcional entre a frutífera e a espécie de FMA.…”
Section: Resultsunclassified
“…Aumentos na área foliar, proporcionados pela inoculação com FMAs, foram obtidos em mudas de aceroleira (COSTA et al, 2001), maracujazeiro-doce (ANJOS et al, 2005, SILVA et al, 2004) e maracujazeiro-amarelo (CA-VALCANTE, 2002).…”
Section: Resultsunclassified
“…These benefits for seedling development have been reported in several studies for different plants (Saggin-Júnior et al, 1994;Andrade et al, 2009;Balota et al, 2011). Inoculation of sweet passion fruit (Passiflora alata) seedlings with Gigaspora albida promoted increases in shoot biomass (Silva et al, 2004). In yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims.…”
Section: Introductionmentioning
confidence: 55%