2015
DOI: 10.1590/1807-57622013.0976
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Comunicação e saúde nos manuais dos organismos internacionais para situações de emergência e desastre: intervenção e hegemonia

Abstract: O artigo analisa o discurso dos organismos internacionais sobre comunicação em saúde na situação de ‘emergência e desastre’, a partir de dois manuais, um produzido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), outro pela Organização Panamericana de Saúde (OPAS). A análise considera a atuação destes organismos como determinada pela lógica da ‘intervenção’, que tende a apagar as desigualdades sociais produzidas pela forma societária do capital em âmbito nacional e mundial. Tal lógica se expressa, nos manuais, nos sen… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1
1

Citation Types

0
1
0
5

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(6 citation statements)
references
References 5 publications
(6 reference statements)
0
1
0
5
Order By: Relevance
“…A emergência em saúde pública de microcefalia gerou interesse midiático mundial e busca por informações pela sociedade civil, profissionais de saúde, cientistas e autoridades governamentais. A inexistência de um portavoz oficial não foi considerada um problema para interlocução da Secretaria de Saúde com a mídia, o que pode ser decorrente da não ocorrência de um campo de disputa atrelado ao cenário político local 31 . Contudo, a pulverização de interlocutores acrescentou demanda para os profissionais nos níveis gerencial, técnico, clínico e científico.…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…A emergência em saúde pública de microcefalia gerou interesse midiático mundial e busca por informações pela sociedade civil, profissionais de saúde, cientistas e autoridades governamentais. A inexistência de um portavoz oficial não foi considerada um problema para interlocução da Secretaria de Saúde com a mídia, o que pode ser decorrente da não ocorrência de um campo de disputa atrelado ao cenário político local 31 . Contudo, a pulverização de interlocutores acrescentou demanda para os profissionais nos níveis gerencial, técnico, clínico e científico.…”
Section: Discussionunclassified
“…Os indicadores da matriz receberam pontuação de acordo com sua importância para a resposta à emergência. A pontuação máxima para cada dimensão (estrutura e processo) foi 100, a qual foi distribuída de forma semelhante entre os três componentes, a partir da média de pontos atribuída pelos especialistas na técnica de consenso: Gestão (31), Vigilância (36) e Assistência (33) (Quadro 1).…”
Section: • Etapa 2 -Elaboração Da Matriz De Indicadores E Julgamentounclassified
“…Such situations are frequent in communication in situations of risk, especially due to the guidelines in the WHO manuals and the centralization of information in the Government. Lindenmeyer and Martins (2015) analyze the discourse of international organizations on health communication based on the cited manuals. The authors consider that the performance of WHO and PAHO is determined by the logic of intervention and tends to erase social inequalities produced by the societal form of capital at national and global levels.…”
Section: Lessons Learnedmentioning
confidence: 99%
“…Autores N % Mídias Discursos dos meios de comunicação Soares, 1998;Lefévre, 1999;Bevilacqua et al, 2000;Rangel-S, 2006;Vaz et al 2007;Campos et al, 2009;Zucco & Minayo, 2009; Cyrino & Cyrino, 1997;Teixeira, 1997;Pitta, 1998;Marinho, 2000;Oliveira, 2002;Queiroz & Jorge, 2006;Kiss, Schraiber, & D'Oliveira, 2007;Rangel-S, 2008;Teixeira, 2008;Montoro, 2008;Oliveira et al, 2008;Deslandes & Mitre, 2009;Lima & Rivera, 2009; Ramalho e Kelly-Santos, Monteiro, & Ribeiro, 2010;Santos, Ribeiro, & Monteiro, 2012;Guimarães et al, 2010;Freitas & Rezende Filho, 2011;Marteleto & David, 2014;Sampaio et al, 2014;Esteves, Antunes, & Caires, 2014;Omelczuk et al, 2015;Lindenmeyer & Martins, 2015;Lima et al, 2016;Garelli et al, 2017;Marques et al, 2017. 26 16,88 Informação em saúde Packer, 2005;Moraes, 2008;Leite et al, 2014;Sanmartino et al, 2015; Novelli, 1997;Ramos-Cerqueira, 1997;…”
Section: Categoriasunclassified