2019
DOI: 10.5205/1981-8963-v13i5a238773p1202-1207-2019
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Complicações e doenças pré-existentes em gestantes com diabetes mellitus

Abstract: RESUMO:Objetivo: descrever as principais complicações e doenças pré-existentes em gestantes com Diabetes Mellitus Gestacional. Método: trata-se de estudo quantitativo, analítico, transversal. Compôs-se a amostra do estudo por 591 prontuários de gestantes, sendo 47 com DMG e 544 sem DMG. Realizou-se a coleta de dados em prontuários de um hospital e maternidade. Utilizou-se um instrumento para a coleta dos dados das pacientes. Analisaram-se os dados por meio de estatística descritiva em sua predominância e apres… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2022
2022
2024
2024

Publication Types

Select...
3
3
1

Relationship

0
7

Authors

Journals

citations
Cited by 9 publications
(4 citation statements)
references
References 5 publications
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…O DMG pode aumentar o risco de outros problemas, como um aumento no número de partos pré-termo e cesarianas, bem como parto cesariano por distensão de ombros que, por sua vez, pode aumentar o risco de complicações cirúrgicas como hemorragias e infecções puerperais. Salienta-se que uma mulher grávida com DMG tem entre 35% e 60% de probabilidade de desenvolver diabetes futuramente (Queiroz et al, 2019).…”
Section: Discussionunclassified
See 1 more Smart Citation
“…O DMG pode aumentar o risco de outros problemas, como um aumento no número de partos pré-termo e cesarianas, bem como parto cesariano por distensão de ombros que, por sua vez, pode aumentar o risco de complicações cirúrgicas como hemorragias e infecções puerperais. Salienta-se que uma mulher grávida com DMG tem entre 35% e 60% de probabilidade de desenvolver diabetes futuramente (Queiroz et al, 2019).…”
Section: Discussionunclassified
“…As complicações perinatais que podem ocorrer incluem a presença excessiva de líquido amniótico (polidrâmnio), anomalias congênitas (envolvendo o coração, os rins, o sistema neurológico e o sistema gastrointestinal), redução do crescimento cerebral, macrossomia fetal (peso maior de 4kg ao nascer), fratura da clavícula, lesão no plexo braquial, hipoglicemia e hiperbilirrubinemia neonatal, níveis baixos de cálcio (hipocalcemia), aumento do número de células vermelhas no sangue (policitemia), problemas respiratórios, doença da membrana hialina, e uso de corticosteroides antes do nascimento (corticoterapia antenatal) (Queiroz et al, 2019;Pedrini et al, 2020).…”
Section: Discussionunclassified
“…O tratamento farmacológico costuma ser aplicado algumas semanas depois das mudanças de estilo de vida, com a hiperglicemia ainda presente (QUEIROZ, 2019). A escolha dos fármacos leva em consideração fatores para melhor adesão, como disponibilidade, preço acessível e efetividade do medicamento no caso em questão.…”
Section: Tratamento Medicamentosounclassified
“…A adesão terapêutica envolve seguir as orientações médicas, incluindo fármacos, dieta e mudanças no estilo de vida. Destaca-se, ainda, que o tratamento medicamentoso geralmente é iniciado algumas semanas após as mudanças no estilo de vida, quando esta não é suficiente para o controle (QUEIROZ IS, et al, 2019). A seleção dos fármacos considera elementos que promovam uma melhor adesão, como a disponibilidade, acessibilidade financeira e a eficácia do medicamento específico para o paciente em questão.…”
Section: Introductionunclassified