2008
DOI: 10.1590/s0100-83582008000400010
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: RESUMO -Procurou-se relacionar alguns aspectos importantes da biologia e do manejo das plantas daninhas infestantes em áreas cultivadas sob sistema de plantio direto, com o objetivo de mostrar que a viabilidade deste plantio depende do controle eficiente das plantas daninhas. Nesse sistema de cultivo ocorrem algumas espécies de plantas daninhas comumente não observadas no sistema convencional, sendo essas constatações relacionadas ao não-revolvimento do solo, favorecendo o desenvolvimento de espécies de planta… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

1
32
0
20

Year Published

2010
2010
2017
2017

Publication Types

Select...
4

Relationship

0
4

Authors

Journals

citations
Cited by 56 publications
(25 citation statements)
references
References 33 publications
(25 reference statements)
1
32
0
20
Order By: Relevance
“…Se comprobaron reducciones en la emergencia de M. maximus por la presencia de residuos de leguminosas; sin embargo, la magnitud del efecto depende de la cantidad y del tipo de residuos (Gomes & Christoffoleti, 2008).…”
Section: Presencia De Residuos De Cosechaunclassified
“…Se comprobaron reducciones en la emergencia de M. maximus por la presencia de residuos de leguminosas; sin embargo, la magnitud del efecto depende de la cantidad y del tipo de residuos (Gomes & Christoffoleti, 2008).…”
Section: Presencia De Residuos De Cosechaunclassified
“…A cobertura morta tem efeitos físicos (interferência na germinação e na taxa de sobrevivência das plântulas), químicos (efeito alelopático) e biológicos (instalação de uma densa e diversificada microbiocenose na camada superficial do solo) sobre as plantas daninhas (Trezzi & Vidal, 2004;Gomes Jr. & Christoffoleti, 2008;Monquero et al, 2009). …”
Section: Controle Culturalunclassified
“…O estudo biológico vegetal abrange os aspectos morfológico, germinativo das sementes, fisiológico, hábito de crescimento, capacidade competitiva e reprodutiva, resultando no conhecimento dos diferentes estágios de susceptibilidade para o controle de forma eficaz e sem agredir o meio ambiente (GOMES JR;RAVINDRA et al, 2008).…”
Section: Introductionunclassified