2002
DOI: 10.1590/s0102-09352002000300003
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Devido ao fato da biopsia testicular poder acarretar hemorragia, inflamação, degeneração, aderência e fibrose, especialmente com as técnicas incisionais ou abertas, este trabalho avaliou a aplicabilidade de uma técnica menos invasiva (biopsia com agulha Tru-Cut) em ovinos na obtenção de material para histologia e acompanhou as lesões testiculares posteriores. Trinta carneiros foram igualmente divididos em três grupos: 1) controle, animais não submetidos à biopsia; 2) submetidos à biopsia + cola de fibrina nos … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2015
2015
2015
2015

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 3 publications
references
References 11 publications
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…O exame ultrassonográfico testicular tem por objetivo avaliar a estrutura anatômica interna e determinar a ecogenicidade do parênquima e mediastino testicular (Pechman & Eilts 1987, Cartee et al 1989, Chandolia et al 1997, Feliciano Silva et al 1997, Kastelic 1997, Gàbor et al 1998, Clark et al 2003, demonstrando elevada importância no diagnóstico complementar de patologias testiculares, como neoplasias, calcificações, inflamações e degenera-ções (Ahmad et al 1991, Geraghty et al 1998, Ganem et al 1999, Howlett et al 2000, Derogee et al 2001, Miller & Sidhu 2002, Sartori et al 2002.…”
Section: Discussionunclassified
“…O exame ultrassonográfico testicular tem por objetivo avaliar a estrutura anatômica interna e determinar a ecogenicidade do parênquima e mediastino testicular (Pechman & Eilts 1987, Cartee et al 1989, Chandolia et al 1997, Feliciano Silva et al 1997, Kastelic 1997, Gàbor et al 1998, Clark et al 2003, demonstrando elevada importância no diagnóstico complementar de patologias testiculares, como neoplasias, calcificações, inflamações e degenera-ções (Ahmad et al 1991, Geraghty et al 1998, Ganem et al 1999, Howlett et al 2000, Derogee et al 2001, Miller & Sidhu 2002, Sartori et al 2002.…”
Section: Discussionunclassified