2009
DOI: 10.5380/avs.v14i1.12848
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

Aplicação Da Espirometria Durante Teste Padrão De Exercício Progressivo Em Esteira Para Avaliação Da Troca Gasosa Respiratória De Equinos Da Raça Árabe

Abstract: Endereço para correspondência: Marcos Jun Watanabe: watanabe@fmvz.unesp.br R RE ES SU UM MO ONo presente estudo avaliou-se a troca gasosa respiratória pela mensuração do consumo de oxigênio (VO2), dióxido de carbono produzido (VCO 2 ) e quociente respiratório (R), e determinou-se o consumo máximo de oxigênio (VO 2 max) de cavalos da raça Árabe durante o teste padrão de exercício progressivo em esteira de alta velocidade. Seis equinos adultos da raça Árabe, clinicamente hígidos foram submetidos ao teste em este… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1
1
1

Citation Types

0
0
0
4

Year Published

2014
2014
2023
2023

Publication Types

Select...
6

Relationship

3
3

Authors

Journals

citations
Cited by 6 publications
(4 citation statements)
references
References 4 publications
(4 reference statements)
0
0
0
4
Order By: Relevance
“…Os equinos foram submetidos a um teste padrão de exercício progressivo em esteira de alta velocidade (Mustang 2200 AG, Kagra, Suíça) inclinada a 6%, da qual a velocidade foi elevada gradualmente, com o protocolo de exercício proposto por WATANABE et al (2009). Utilizou-se a máscara de análise de trocas gasosas e dados ventilatórios (Metavet, Cortex, Alemanha) para se extrair a carga de trabalho para cada equino, com base no consumo máximo de oxigênio (VO 2max ), sendo o valor médio dos animais de 110,4±20,4mL kg -1 min -1 .…”
Section: Methodsunclassified
“…Os equinos foram submetidos a um teste padrão de exercício progressivo em esteira de alta velocidade (Mustang 2200 AG, Kagra, Suíça) inclinada a 6%, da qual a velocidade foi elevada gradualmente, com o protocolo de exercício proposto por WATANABE et al (2009). Utilizou-se a máscara de análise de trocas gasosas e dados ventilatórios (Metavet, Cortex, Alemanha) para se extrair a carga de trabalho para cada equino, com base no consumo máximo de oxigênio (VO 2max ), sendo o valor médio dos animais de 110,4±20,4mL kg -1 min -1 .…”
Section: Methodsunclassified
“…Os equinos foram submetidos a um teste padrão de exercício progressivo em esteira de alta velocidade (Mustang 2200 AG, Kagra, Suíça) inclinada a 6%, da qual a velocidade é elevada gradualmente, com o protocolo de exercício proposto por Watanabe et al (18). Utilizou-se a máscara de análise de trocas gasosas e dados ventilatórios (Metavet, Cortex, Alemanha), para se extrair a carga de trabalho para cada equino, com base no consumo máximo de oxigênio (VO2máx) (19), sendo o valor médio dos animais de 110,4 ± 20,4 mL/kg/min.…”
Section: Delineamento Experimentalunclassified
“…Desse modo, o presente estudo objetivou a determinação dos marcadores cardíacos e de lipoperoxidação em equinos submetidos a exercício de rápida aceleração e curta duração, considerado de alta intensidade, nas condições de pré e pós-suplementação com vitamina E. Os equinos foram submetidos a um teste padrão de exercício progressivo em esteira de alta velocidade (Mustang 2200 AG, Kagra, Suíça), inclinada a 6%, na qual a velocidade foi elevada gradualmente, conforme o protocolo de exercício proposto por Watanabe et al (2009). Utilizou-se a máscara de análise de trocas gasosas e dados ventilatórios (Metavet, Cortex, Alemanha) para se extrair a carga de trabalho para cada equino, com base no consumo máximo de oxigênio (VO 2max ) (Watanabe et al, 2009), sendo o valor médio dos animais de 110,4 ± 20,4mL/kg/min.…”
Section: Introductionunclassified