2013
DOI: 10.5902/1980509812357
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: A avaliação da sobrevivência e do crescimento de um vegetal pode refletir sua habilidade competitiva na comunidade vegetal. Cordia trichotoma é uma árvore nativa comum no estado de Mato Grosso do Sul, e uma das mais promissoras para plantio. O presente trabalho monitorou o percentual de sobrevivência e crescimento de Cordia trichotoma em condições diferentes no quesito capina e quanto ao recebimento ou não de adubação. O trabalho teve início em setembro de 2008 e término em março de 2010. A coleta e semeadura … Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
1

Citation Types

0
0
0
1

Year Published

2017
2017
2017
2017

Publication Types

Select...
1

Relationship

0
1

Authors

Journals

citations
Cited by 4 publications
(1 citation statement)
references
References 1 publication
(1 reference statement)
0
0
0
1
Order By: Relevance
“…Arrab. ex Steud (louro-pardo), espécie arbórea nativa predominantemente da Mata Atlântica brasileira, mesmo apresentando crescimento considerado de lento a moderado (CARVALHO, 1994;SALVADORI et al, 2013), apresenta potencial para plantios com fins econômicos, principalmente devido a excelente qualidade de sua madeira para confecção de móveis de luxo, revestimentos, e lâminas faqueadas para fins nobres, tendo sido muito explorado no passado devido à aceitabilidade de sua madeira no mercado (REITZ et al, 1983;(CARVALHO, 1994;BONNET;CURCIO, 2015).…”
Section: Introductionunclassified
“…Arrab. ex Steud (louro-pardo), espécie arbórea nativa predominantemente da Mata Atlântica brasileira, mesmo apresentando crescimento considerado de lento a moderado (CARVALHO, 1994;SALVADORI et al, 2013), apresenta potencial para plantios com fins econômicos, principalmente devido a excelente qualidade de sua madeira para confecção de móveis de luxo, revestimentos, e lâminas faqueadas para fins nobres, tendo sido muito explorado no passado devido à aceitabilidade de sua madeira no mercado (REITZ et al, 1983;(CARVALHO, 1994;BONNET;CURCIO, 2015).…”
Section: Introductionunclassified