volume 7, issue 4, P59-76 2004
DOI: 10.1590/1415-47142004004004
View full text
|
|
Share

Abstract: O que move a escrita deste texto é a expectativa de encontrar, no território da Psicopatologia Fundamental, o brotamento de um sujeito. Nas metáforas, fragmentos de objetos encontraram seus lugares na arquitetura desta casa. Toda casa contém em si o mito da cabana primitiva como origem da arquitetura. Mas contém, também, a arquitetura capaz de abrigar os lugares psíquicos da palavra casa. O sujeito floresce, nesta obra arquitetural, no intervalo entre os desenhos, a pedra e de palavras. Este trabalho apresenta…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals