2007
DOI: 10.1590/s1414-81452007000100014
View full text |Buy / Rent full text
|
Sign up to set email alerts
|

Abstract: Estudo com abordagem qualitativa, objetivando compreender na vivência das mulheres a experiência do parto normal domiciliar e hospitalar bem como discutir a vivência das mulheres nos dois tipos de partos. Os sujeitos do estudo foram sete mulheres multíparas residentes em Batalha PI, e o instrumento utilizado foi um roteiro semi-estruturado com a técnica da entrevista. Os resultados revelaram que os partos domiciliares vivenciados pelas mulheres aconteceram mais rápido, de forma natural, sem intervenções e assi… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1

Citation Types

0
17
0
13

Year Published

2012
2012
2016
2016

Publication Types

Select...
5

Relationship

0
5

Authors

Journals

citations
Cited by 19 publications
(30 citation statements)
references
References 5 publications
(11 reference statements)
0
17
0
13
Order By: Relevance
“…Resultado semelhante foi percebido em estudo recente realizado com mulheres que tiveram ambas as experiências com parto hospitalar e domiciliar, sendo que as depoentes referiram optar pelo parto domiciliar por diversos motivos, entre eles: maior rapidez no processo, menos intervenções, como a não realização do toque vaginal rotineiramente, a presença de familiares, a liberdade de movimentação, entre outros. 15 As mulheres do presente estudo que pariram anteriormente no hospital também referiram partos demorados, toques vaginais desmedidos, restrições alimentares e de movimentação, além de se sentirem oprimidas ao expressarem seus desconfortos durante as contrações. Quanto à procedência, observa-se na Tabela 3 que a grande maioria residia na própria capital catarinense, enquanto seis casais vieram à cidade especialmente para o nascimento do bebê no domicílio.…”
unclassified
“…Resultado semelhante foi percebido em estudo recente realizado com mulheres que tiveram ambas as experiências com parto hospitalar e domiciliar, sendo que as depoentes referiram optar pelo parto domiciliar por diversos motivos, entre eles: maior rapidez no processo, menos intervenções, como a não realização do toque vaginal rotineiramente, a presença de familiares, a liberdade de movimentação, entre outros. 15 As mulheres do presente estudo que pariram anteriormente no hospital também referiram partos demorados, toques vaginais desmedidos, restrições alimentares e de movimentação, além de se sentirem oprimidas ao expressarem seus desconfortos durante as contrações. Quanto à procedência, observa-se na Tabela 3 que a grande maioria residia na própria capital catarinense, enquanto seis casais vieram à cidade especialmente para o nascimento do bebê no domicílio.…”
unclassified
“…Observamos el deseo de las mujeres embarazadas de repetir la experiencia del parto en casa en un futuro embarazo, lo que confirma la experiencia beneficiosa para todos los que tenían sus casas como lugar de parto natural más fácil. Por lo tanto, la justificación de la elección del parto en casa se debe a la evolución del mismo, por lo fisiológico y natural, donde la casa de la madre es el lugar ideal en el que se encuentra la bienvenida, la libertad, la calidez y la comodidad para el momento (15,20) . En uno de los artículos seleccionados, las mujeres informaron de que tenían un deseo de tener una experiencia de parto en el hogar debido a las experiencias de sus madres (15) .…”
Section: Categorías La Elección Del Parto Domiciliario Por Las Mujeresunclassified
“…Porém, a partir do século XX, a medicina tornou este momento que era considerado algo fisiológico, em um momento patológico, necessitando muitas vezes de tratamento medicamentoso e cirúrgico, tornando a assistência ao parto exclusivamente hospitalar (CRIZÓSTOMO; NERY; LUZ, 2007).…”
Section: Introductionunclassified