volume 42, issue 83, P96-121 2019
DOI: 10.5007/2177-7055.2019v41n83p96
View full text
|
|
Share

Abstract: O presente artigo pretende estabelecer um diálogo entre o projeto de Luis Alberto Warat referente a uma semiótica jurídica crítica, que escape de certos reducionismos presentes na epistemologia jurídica do século XX, e algumas das considerações de Deleuze/Guattari sobre a semiótica presentes na obra Mil Platôs. Utilizando-se de uma literatura secundária que constrói uma ponte entre a filosofia de Deleuze e de Deleuze/Guattari – com o Direito, conclui-se esta leitura situando ambas as perspectivas como reflexõe…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
0
0

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals