2011
DOI: 10.1590/s0303-76572011000100011
|View full text |Cite
|
Sign up to set email alerts
|

A saúde mental relacionada ao trabalho e os desafios aos profissionais da saúde

Abstract: ResumoEste artigo de caráter reflexivo discute a Saúde Mental relacionada ao trabalho no contexto atual. Para isso, aponta para a persistência das ideias que negam o nexo entre o trabalho e a saúde mental e critica sua lógica simplificadora e culpabilizante. Prossegue retomando os conceitos fundamentais do campo da saúde do trabalhador e a contribuição da abordagem do processo saúde-doença da Medicina Social Latino-Americana. Ressalta, em seguida, a relevância e a atualidade do conceito de desgaste mental. Con… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

Select...
2
1
1
1

Citation Types

0
3
0
26

Year Published

2014
2014
2019
2019

Publication Types

Select...
5
3

Relationship

0
8

Authors

Journals

citations
Cited by 32 publications
(29 citation statements)
references
References 9 publications
0
3
0
26
Order By: Relevance
“…No entanto, apesar de doenças como intoxicações, contaminações, acidentes e lesões por esforços repetitivos corresponderem a mais de 90% das notificações nos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CERESTs), é cada vez mais comum o registro de transtornos mentais e do comportamento 2 , os quais já ocupam o terceiro lugar nas causas de afastamento do trabalho, perdendo apenas para as do sistema osteomuscular e as lesões traumáticas (Brasil, 2014;Paparelli, Sato, & Oliveira, 2011;Seligmann-Silva, 2011).…”
Section: Revista Psicologia: Organizações E Trabalhounclassified
See 1 more Smart Citation
“…No entanto, apesar de doenças como intoxicações, contaminações, acidentes e lesões por esforços repetitivos corresponderem a mais de 90% das notificações nos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (CERESTs), é cada vez mais comum o registro de transtornos mentais e do comportamento 2 , os quais já ocupam o terceiro lugar nas causas de afastamento do trabalho, perdendo apenas para as do sistema osteomuscular e as lesões traumáticas (Brasil, 2014;Paparelli, Sato, & Oliveira, 2011;Seligmann-Silva, 2011).…”
Section: Revista Psicologia: Organizações E Trabalhounclassified
“…A primeira é a de que a causa última para explicar o adoecimento de trabalhadores e trabalhadoras deveria ser buscada sempre no indivíduo: em suas peculiaridades em termos físicos, fisiológicos, psicossociais e em sua história de vida no núcleo familiar anterior à vida de trabalho. A segunda posição é a naturalização da ideia de que o trabalho produz sofrimento e não pode ser mudado, como se isso fosse um destino, uma determinação inquestionável, cujo curso seria impossível modificar (Paparelli et al, 2011).…”
Section: Uso Abusivo De Substâncias E O Trabalhounclassified
“…Nas empresas, o que a autora constata é que, embora muitos profissionais das áreas de recursos humanos tenham conhecimento da PDT e de outras abordagens pertinentes que possam fundamentar ações de prevenção e intervenções para promoção e proteção da saúde mental, em geral, eles não têm poder de implantar transformações amplas das situações reais de trabalho. Paparelli et al (2011) afirmam que persistem as ideias que negam o nexo causal entre o trabalho e a saúde mental e criticam a lógica simplificadora e culpabilizante aí contida. Os autores apontam fatos que parecem indicar que "a divulgação, o debate e a discussão sobre o assunto não têm sido suficientes para mudar o quadro dos problemas de saúde mental relacionados ao trabalho" (PAPARELLI et al, 2011, p. 119).…”
Section: Discussionunclassified
“…Como apontam Paparelli et al 10 , é raro que sejam considerados os elementos sociais presentes no processo de saúde/doença psíquica. Assim, as razões do adoecimento são, muitas vezes, atribuídas ao indivíduo, culpabilizando-o e individualizando um problema que é, essencialmente, social.…”
Section: Introductionunclassified