2004
DOI: 10.1590/s0103-40142004000100008 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: O GOVERNO do Estado do Rio de Janeiro, depois de votada por aclamação na Assembléia Legislativa, adotou em 2001 uma política de cotas para "negros e pardos" nas suas instituições de ensino superior. Na trilha da preparação da III Conferência Mundial das Nações Unidas de Combate ao Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata que teve lugar em Durban, na África do Sul, em 2001, esta política e aquelas decretadas pelo governo federal não foram objeto de um amplo debate público. Este debate c… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
1
12
0
23

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals