2016
DOI: 10.1590/cc0101-32622016162569 View full text |Buy / Rent full text
|
|

Abstract: RESUMO: O significado que se pretende dar a estas reflexões sobre a instituição prisão como espaço de promoção de experiências educativas às pessoas que se encontram em situação de privação de liberdade caminha por três eixos: transversalidade no sistema prisional, transversalidade nas práticas sociais e transversalidade nas ações educativas. A discussão na perspectiva da transversalidade, em nosso entender, está atrelada à compreensão de que a educação acontece ao longo da vida e em todo lugar e, portanto, pe… Show more

Help me understand this report

Search citation statements

Order By: Relevance
Select...
2
2
1
0
0
0
6

Year Published

2019
2019
2021
2021

Publication Types

Select...
2
1

Relationship

0
3

Authors

Journals

0
0
0
6
Order By: Relevance
“…É pertinente assinalar que o ensino desenvolvido no interior da prisão não pode ser o mesmo daquele realizado nas demais escolas, primeiramente, por possuir alunos de múltiplas faixas etárias e, também, por ser consubstanciado num contexto que, por um lado impõe limitações às práticas docentes e por outro exige uma profunda compreensão da história de vida e do percurso escolar desses sujeitos com o propósito, a partir da abordagem teórica sócio histórica cultural, de fomentar outros modos de existência que reconheçam as contradições e determinações sociais e históricas, conduzindo para posicionamentos críticos e participativos por meio do engajamento em lutas e movimentos sociais e coletivos daquele que se pretende que venha a ser egresso do sistema prisional (ONOFRE, 2016;ONOFRE;MENOTTI, 2016).…”
Section: O Trabalho Docente Em Prisõesunclassified
See 1 more Smart Citation
Create an account to read the remaining citation statements from this report. You will also get access to:
  • Search over 1.2b+ citation statments to see what is being said about any topic in the research literature
  • Advanced Search to find publications that support or contrast your research
  • Citation reports and visualizations to easily see what publications are saying about each other
  • Browser extension to see Smart Citations wherever you read research
  • Dashboards to evaluate and keep track of groups of publications
  • Alerts to stay on top of citations as they happen
  • Automated reference checks to make sure you are citing reliable research in your manuscripts
  • 7 day free preview of our premium features.

Trusted by researchers and organizations around the world

Over 130,000 students researchers, and industry experts at use scite

See what students are saying

rupbmjkragerfmgwileyiopcupepmcmbcthiemesagefrontiersapsiucrarxivemeralduhksmucshluniversity-of-gavle
“…É pertinente assinalar que o ensino desenvolvido no interior da prisão não pode ser o mesmo daquele realizado nas demais escolas, primeiramente, por possuir alunos de múltiplas faixas etárias e, também, por ser consubstanciado num contexto que, por um lado impõe limitações às práticas docentes e por outro exige uma profunda compreensão da história de vida e do percurso escolar desses sujeitos com o propósito, a partir da abordagem teórica sócio histórica cultural, de fomentar outros modos de existência que reconheçam as contradições e determinações sociais e históricas, conduzindo para posicionamentos críticos e participativos por meio do engajamento em lutas e movimentos sociais e coletivos daquele que se pretende que venha a ser egresso do sistema prisional (ONOFRE, 2016;ONOFRE;MENOTTI, 2016).…”
Section: O Trabalho Docente Em Prisõesunclassified
“…Por este prisma, a educação nas prisões é compreendida como aquela fundamentada no reconhecimento do caráter permanente do processo de formação humana, se dedicando, assim, ao desenvolvimento e refinamento das potências humanas, se constituindo em uma intervenção radicalmente distinta daquelas que são próprias do sistema carcerário e que se desvinculam de qualquer possibilidade de humanização (ONOFRE, 2016). Além disso, a educação em estabelecimento prisional deve oferecer as condições para que o aluno se torne capaz de desnudar, desmistificar e desenredar a realidade no sentido de problematizar as determinações sociais, históricas e culturais com direcionamento para a libertação por meio da reflexão, mobilização, ação, criação e transformação da realidade (FREIRE, 1987).…”
Section: O Trabalho Docente Em Prisõesunclassified
“…A sociedade, infelizmente, ainda tem um olhar muito preconceituoso quando o assunto é direitos constitucionais dos detentos, sendo em grande parte influenciada negativamente pela propaganda que a grande mídia faz dos problemas que ocorrem nas prisões, como rebeliões, fugas, brigas, etc., deixando de lado projetos importantes que consolidam a ressocialização do apenado (Onofre, 2016). "As práticas efetivas que regulam o cotidiano das prisões são absolutamente desconhecidas pela sociedade, mantendo-se opacas até mesmo com relação aos órgãos públicos que lhes são afins" (Portugues, 2011).…”
Section: Fundamentação E Contextounclassified
“…Em nosso entender, essas práticas devem ser divulgadas, compartilhadas, expostas em eventos e pela mídia, que denuncia momentos de rebeliões ou similares, mas em poucos momentos anuncia experiências exitosas que traduzem intervenções positivas em processos de educação na perspectiva dos direitos humanos (Onofre, 2016).…”
Section: Fundamentação E Contextounclassified
“…Percebe-se, assim, a importância das políticas educacionais no contexto prisional, principalmente, pelo fato da prisão estar cada vez mais está sendo ocupada por jovens de extratos sociais historicamente vulneráveis (Silva, 2011), do qual não tiveram o direito à educação garantido, em razão de uma negligência da sociedade. Nesse sentido, é clarividente a necessidade de o Estado garantir, no ambiente carcerário, a educação dos internos como um instrumento de emancipação do sujeito, proporcionando o desenvolvimento da sua personalidade (Julião, 2012;Onofre, 2016).…”
Section: O Direito Humano à Educação Do Indivíduo Encarceradounclassified