volume 16, issue 2, P359-385 2008
DOI: 10.1590/s0104-026x2008000200004
View full text
|
|
Share

Abstract: As práticas predominantes da ciência moderna, desde o seu estabelecimento no século XVII até hoje, incorporam algumas suposições particulares acerca da realidade e sobre como ela pode (e deve) ser investigada pelo homem.3 Podemos esquematizá-las da seguinte forma: [1] Existe um mundo de 'fatos puros' (ou algo semelhante a isso);[2] Existe uma ordem nomológica subjacente a esse mundo;[3] Existe uma (e apenas uma) ciência que expressa [2], representando bastante adequadamente [1].

Search citation statements

Order By: Relevance

Paper Sections

0
0
0
0
0

Citation Types

0
0
0
2

Publication Types

Select...

Relationship

0
0

Authors

Journals