volume 3, issue 6, P88-97 2005
DOI: 10.1590/s1678-53202005000200007
View full text
|
|
Share

Abstract: O artigo trata da ainda problemática inserção da Arte como obra realizada na estrutura acadêmica da Universidade, das dificuldades de avaliação, da arbitrária oposição entre teoria e prática e suas origens, e dos equívocos decorrentes da tentativa de reduzir a realização artística a esquemas conceituais de outras áreas do conhecimento.