volume 14, issue 28, P101-122 2010
DOI: 10.1590/s1413-77042010000100005
View full text
|
|
Share

Abstract: Este artigo considera as conexões entre blues e bossa nova, pouco reconhecidas na literatura sobre bossa nova mas muito importantes para o desenvolvimento do estilo. Analisando as gravações do circuito samba-jazz em Copacabana nas décadas de 1950 e 1960, o artigo traz à luz uma prática de blues, tanto na estrutura de doze compassos como na utilização da escala blues como matéria de improviso, bastante comum naquela época. O artigo explica o papel de figuras-chaves como Booker Pittman, Moacir Santos e Paulo Mou…

Expand abstract