2012
DOI: 10.1590/s0104-83332012000100008
View full text
|
|
Share
Don Kulick

Abstract: ResumoEste artigo analisa os enunciados sobre corpos e sexualidade presentes em uma ampla linha de produções pornô com mulheres obesas. Nessa filmografia, o foco não recai em genitais e nádegas (os quais geralmente nem chegam a ser expostos), mas nos estômagos das atrizes. A representação pornográfica consiste no ato de mostrar mulheres gordas comendo alimentos ricos em gordura. A penetração do pênis ou de outro objeto na vagina, típica do pornô mainstream, é substituída pela imagem da penetração de comida na…

Expand abstract