2005
DOI: 10.1590/s0104-83332005000200009
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: Esse artigo propõe uma discussão sobre a prostituição travesti, procurando evidenciar a importância dos territórios de prostituição como locais fundamentais para a construção do "ser travesti". Através das diferentes categorias êmicas que classificam as travestis, sobretudo, no comércio sexual, é possível perceber a relação das travestis com os clientes. A violência das ruas, o uso de drogas, o sonho e a realidade da prostituição na Itália, temas abordados nessa análise, são atravessados pelos afetos, disputas…

Expand abstract