volume 22, issue 4, P1115-1123 2013
DOI: 10.1590/s0104-07072013000400030
View full text
|
|
Share

Abstract: O presente estudo teve como objetivo conhecer o significado para a família da convivência diária com um membro usuário do crack. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, de natureza fenomenológica, que tomou como base para coleta dos dados empíricos a realização da entrevista fenomenológica com duas famílias de dependentes do crack, em um Centro de Atenção Psicossocial em Álcool e Outras Drogas. A análise e categorização das descrições vivenciais se processou à luz da analítica da ambiguidade, fundame…

Expand abstract