volume 23, issue 3, P496-505 2011
DOI: 10.1590/s0102-71822011000300007
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: No presente artigo procede-se à descrição e análise das abordagens teóricas sobre o amor nas Ciências Sociais, principalmente na Psicologia. O objetivo é proporcionar uma compreensão geral acerca de como o fenómeno tem sido conceptualizado e analisar como o amor e a violência têm sido articulados. Assinalando os principais contributos e limitações de cada abordagem, defende-se que o amor é um fenómeno sócio culturalmente construído e sugere-se a necessidade de adotar uma perspetiva construcionista para compree…

Expand abstract