volume 19, issue 55, P33-52 2004
DOI: 10.1590/s0102-69092004000200003
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: IntroduçãoOs seringueiros amazônicos eram invisíveis no cenário nacional nos anos de 1970. Começa-ram a se articular como um movimento agrário no início dos anos de 1980, e na década seguinte conseguiram reconhecimento nacional, obtendo a implantação das primeiras reservas extrativas após o assassinato de Chico Mendes. Assim, em vinte anos, os camponeses da floresta passaram da invisibilidade à posição de paradigma de desenvolvimento sustentável com participação popular. Este texto narra essa surpreendente tr…

Expand abstract

Search citation statements

Order By: Relevance

Citation Types

0
8
0
35

Paper Sections

0
0
0
0
0

Publication Types

0
0
0
0

Relationship

0
0

Authors

Journals