volume 58, issue 2, P141-148 2006
DOI: 10.1590/s0102-09352006000200001
View full text
|
|
Share

Abstract: RESUMOEstimaram-se, no estado de Minas Gerais, a prevalência e a distribuição espacial da anemia infecciosa eqüina (AIE) em propriedades com eqüídeos de serviço. O mercado para o eqüídeo nacional e, principalmente, o mineiro está em visível expansão, constituindo uma importante cadeia do agronegócio, com estreita relação com os setores ligados ao lazer, à cultura, ao turismo entre outros.