volume 22, issue 75, P48-66 2001
DOI: 10.1590/s0101-73302001000200005
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO:Este texto visa aprofundar a análise de alguns modelos de avaliação propostos para o ensino básico. Parte de constatações a que chegou estado da arte versando sobre artigos de periódicos acadêmicos acerca do tema no Brasil, nos anos 90, e acrescenta outras reflexões. Constata que fundamentalmente dois modelos vêm povoando o discurso sobre a avaliação no país: um que se reporta à sua potencialidade emancipadora e outro que deita raízes na função reguladora do Estado. Procura examiná-los em termos das su…

Expand abstract