volume 10, issue 2, P177-190 1976
DOI: 10.1590/s0034-89101976000200005
View full text
|
|
Share

Abstract: INTRODUÇÃODe maneira geral, na avaliação de classes sociais, constata-se o privilegiamento de um critério de medida, ora a profissão, ora o rendimento ou a instrução 11 .A partir de uma colocação mais globalizante, aceita-se que a explicitação das razões que levam os indivíduos a ocupar diferentes posições na estrutura da sociedade, exige a não fixação de um único critério de hierarquização social.Evidentemente, a construção de uma medida de estratificação social é um problema de uma certa complexidade. Como …

Expand abstract