volume 38, issue 138, P99-115 2017
DOI: 10.1590/es0101-73302017151511
View full text
|
Sign up to set email alerts
|
Share

Abstract: RESUMO: Pessoas com deficiência ingressam no mercado de trabalho para realizar atividades produtivas e construir sua independência. O avanço da legislação não impede dificuldades de ingresso e permanência nas organizações laborais. Nesta investigação, o campo escolhido foi uma universidade pública. Os participantes foram servidores técnico-administrativos e docentes com deficiência, que opinaram sobre a sua experiência de ingresso e as condições de trabalho que lhe foram oferecidas na instituição. As análises…

Expand abstract