2018
DOI: 10.1590/0102-311x00196216
View full text
|
|
Share

Abstract: 6; IC95%: 3,5;7,7) em comparação aos homens (AAPC = 3,0; IC95%: 0,5;5,6) 5;9; 0,0), comparados às mulheres 4;7;1). A proporção de casos em abandono de tratamento no período foi de 5,5%, com tendência de redução mais significativa entre mulheres 9;7; -1,1) do que em homens 7;4;0). Recidiva foi verificada em 3,8% de todas as entradas do período; as mulheres apresentaram tendência de redução significativa 2;3;0) e os homens, de crescimento significativo (AAPC = 4,9; IC95%: 2,9;6,8 . A proporção de cura na co…

Expand abstract